O Condor Super Center recebeu das mãos do prefeito de Mafra - SC, Wellington Roberto Bielecki, neste dia 15 de março, o alvará de construção que autoriza o início da obra de uma loja da rede na cidade. O diretor administrativo da rede, Wanclei Said, e o diretor de operações, Maurício Bendixen, aproveitaram o momento para falar sobre os planos da empresa em Mafra, além da seleção para as vagas de emprego, que deve começar em breve.

“Os interessados em entrar para a grande Família Condor, que hoje possui cerca de 11 mil integrantes, podem fazer uma pré-inscrição em nosso site (www.condor.com.br/trabalheconosco)”, disse Bendixen. 

Said acrescentou que, além dos 300 novos postos de trabalho, a rede também vai contar com 10 lojas de apoio. “Os interessados em abrir algum tipo de negócio nesses espaços podem procurar a nossa rede, pois já estamos procurando por parceiros”. O diretor administrativo também aproveitou para agradecer à prefeitura pela agilidade no andamento das liberações. “Fomos muito bem recepcionados por todos e encontramos um município muito ágil e prestativo, o que facilita na concretização de novos investimentos na cidade, que só tem a ganhar com isso”. 

Bendixen destacou que esta agilidade na liberação deve servir como um exemplo para um país que precisa ser desburocratizado para ganhar velocidade e desenvolvimento. 

O prefeito afirmou que a chegada do Condor na cidade abre os caminhos para que outras empresas invistam na cidade. “Esta é uma grande conquista para Mafra. O Condor está pousando em Mafra, uma terra de gente ordeira e que está recebendo vocês com o maior carinho. É uma grande satisfação poder assinar este alvará de construção”. 

Condor em Mafra

O município de Mafra foi o escolhido pelo Condor Super Center para ser a segunda cidade de Santa Catarina a receber um empreendimento da rede. Com um investimento de R$ 40 milhões, o hipermercado terá 5 mil m², 12 lojas de apoio e uma praça de alimentação. O hiper será uma loja completa, com um setor de eletroeletrônicos, bazar, têxtil, mercearia, hortifrúti, açougue com cortes especiais, padaria e confeitaria, fiambreria e adega com grande variedade de rótulos nacionais e importados. A inauguração está prevista para meados de 2018 e trará o que há de mais moderno em engenharia e arquitetura, unindo tecnologia de ponta com sustentabilidade. 

O empreendimento vai gerar 300 novos postos de trabalho diretos, contribuindo com a geração de renda na região. Segundo o presidente do Condor, Pedro Joanir Zonta, Mafra foi escolhida pela proximidade logística e pelo potencial da cidade. “Nossa empresa foi fundada há 44 anos e no decorrer de sua história conseguiu se consolidar no cenário nacional e ficar entre as maiores redes supermercadistas do país. Nossa expansão não para e escolhemos Mafra por vermos o alto grau de desenvolvimento da cidade e uma necessidade da região por um centro de compras completo, que proporcione momentos agradáveis e de lazer aos clientes”, afirma.

Para que o empreendimento fique organizado de uma maneira confortável e agradável aos olhos, o hiper vai contar com gôndolas baixas, corredores amplos e uma comunicação visual inteligente e eficaz, que facilita a sinalização e visualização do setor desejado logo ao entrar na loja.

Zonta destaca que um dos maiores diferenciais da rede é a valorização de uma relação de confiança e respeito com os seus clientes e colaboradores. “Temos um compromisso com os nossos clientes, por isso traremos para Mafra um mix amplo, com produtos de qualidade, variedade e ofertas que contribuam para o orçamento familiar”.

Sustentabilidade

Um dos grandes destaques da nova loja é a criação de uma usina de energia solar, que vai preservar o meio ambiente com a redução de muitas toneladas de CO² e diminui a utilização de energia de fontes não renováveis. 

Além dos painéis solares, o novo Condor vai contar com outras tecnologias sustentáveis, como a instalação de lâmpadas LED em 100% do estabelecimento, que, além de serem mais econômicas, duram três vezes mais, reduzem em 50% o consumo de energia elétrica e o descarte no meio ambiente. Outra solução que economiza energia elétrica é o sistema de iluminação dimerizável, que ajusta a intensidade luminosa de acordo com a luz natural. Também serão instalados na cobertura do estabelecimento os Domus Prismáticos, que filtram os raios ultravioletas em até 98% e permitem a entrada da luz externa no ambiente.

O consumo de energia é ainda mais reduzido com a instalação de portas nos balcões de congelados e refrigerados, que além de manterem os produtos bem conservados, também reduzem em até 60% a carga térmica. Já para preservar a camada de ozônio, será utilizado o CO2 no setor de congelados, um gás refrigerante 100% natural que não agride a natureza e não provoca o efeito estufa. O setor de refrigerados utiliza o Glicool, inofensivo à camada de ozônio e que reduz em até 90% os gases poluentes.

Ainda pensando no meio ambiente, a loja vai contar com um sistema de captação da água da chuva, que será utilizada na irrigação de jardins, descarga de sanitários e limpeza de pisos.

O hiper Condor de Mafra será construído na Avenida Prefeito Frederico Heyse, 1000.

Condor Super Center

O Condor Super Center iniciou a sua trajetória em 1974 com uma pequena loja de 110m² e apenas cinco funcionários em Curitiba. Com mais de 11 mil colaboradores diretos, atende mensalmente mais de 4 milhões de clientes em suas lojas.

A rede conta atualmente com 44 lojas, entre super e hipermercados, em 15 cidades do Paraná, localizadas em Curitiba e Região Metropolitana, litoral, Campos Gerais e Norte do estado, e uma em Santa Catarina, na cidade de Joinville, além de uma central de distribuição com mais de 70 mil m² em Curitiba, responsável pelo abastecimento diário das lojas da rede.