Duas corridas, duas vitórias. O retorno de Ricardo Zonta ao Mundial de FIA GT não podia ter sido mais perfeito. No circuito de Navarra, na Espanha, o campeão de 1998 fez barba, cabelo, bigode e costeleta: cravou a pole, venceu a prova de classificação, largou na posição de honra na bateria válida pelos pontos, ganhou e fez a melhor volta. Melhor, impossível.

A performance nas duas corridas foi dominante: em ambas, Zonta e seu parceiro, o alemão Frank Kechele, lideraram do início ao fim, com uma vantagem confortável para os rivais.

Na prova correspondente à antepenúltima etapa, a dupla completou as 37 voltas válidas com uma vantagem de 11 segundos sobre o Aston Martin de Frederic Makowiecki e Yann Clairay. Esta é a segunda vitória de Zonta na temporada a primeira foi em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Nas mãos do paranaense, a Lamborghini vem obtendo seus melhores resultados na história do FIA GT: venceu pela primeira vez na Bélgica e, neste fim de semana, debutou na pole position. De quebra, anotou também o segundo êxito.
Ricardo Zonta e Frank Kechele venceram com autoridade a oitava etapa do Mundial de GT1, que foi realizada neste domingo (24) no autódromo espanhol de Navarra. A dupla da Reiter, que corre com Lamborghini Murcielago R-SV, não deu qualquer chance aos rivais e faturou a prova com 11s897 de vantagem para o duo da Aston Martin, formado por Frederic Makowiecki e Yann Clairay. Jamie Campbell-Walter e Warren Hughes, ao volante do Nissan GT-R da Sumo Power, completaram o top-3.

O Brasileiro abriu mão de disputar a etapa de Santa Cruz do Sul pela Stock Car para correr na Espanha. Zonta exaltou o desempenho do seu carro na tarde deste domingo. “O carro esteve rápido e fácil de guiar desde o início do fim de semana, e não cometemos qualquer erro”, declarou o brasileiro.

Darren Turner e Tomas Enge levaram o segundo carro da Aston Martin à quarta posição em Navarra. Nick Pastorelli e Dominik Schwager, a bordo do Lamborghini da equipe Münnich, fecharam na quinta colocação, a 30s362 da dupla vencedora. O duo belga formado por Maxime Martin e Bas Leinders levou o Ford GT da Marc VDS ao sexto posto na prova.

Os líderes do campeonato, Andrea Bertolini e Michael Bartels levaram a primeira Maserati à sétima colocação e chegaram pouco mais de 10s à frente dos companheiros de equipe Miguel Ramos e Enrique Bernoldi. Nicolas Armindo e Neel Jani, com o Ford GT da equipe Matech alcançaram o nono posto, enquanto Marc Hennerici e Alexander Margaritis fecharam a lista dos dez primeiros em Navarra.

Com o resultado da prova, Bertolini/Bartels permanecem na liderança da temporada. Agora, a cada um dos pilotos soma 122 pontos, seguido por Thomas Mutsch, que acumula 95. Vencedor do dia, Zonta tem 50 pontos e está na décima colocação, enquanto Bernoldi é o 18º, com 28.

A próxima etapa do GT1 acontecerá no Brasil, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. O fim de semana da penúltima prova do ano acontecerá entre os dias 26 e 28 de novembro.
 

fonte: Paraná Online