Projeto da Escola de Comunicação e Negócios da UP é pioneiro no Paraná

Com o objetivo de contribuir para a formação de novos profissionais do varejo, o Condor Super Center participou da criação do Laboratório de Varejo da Escola de Comunicação e Negócios da Universidade Positivo (UP), que será inaugurado neste dia 26 de novembro, às 19h, no Auditório Amarelo da Universidade. Durante a inauguração, os alunos de Design Projeto Visual, apresentarão alguns modelos exercício de marcas próprias para o Condor avaliar.

 

O projeto é pioneiro no Paraná e contará com uma “Loja Modelo”, que servirá como um local de apoio para os alunos conduzirem suas pesquisas e testarem novos conceitos do setor. O novo espaço foi criado em parceria com o Fecomércio, Sebrae, Senac e o Sindicato do Comércio Atacado de Gênero Alimentício do Paraná (Sinca-PR).

 

Para o presidente do Condor, Pedro Joanir Zonta, participar de um projeto como este é uma oportunidade para promover o aperfeiçoamento dos estudantes. “Para a nossa rede, que é 100% paranaense, é uma honra poder levar a nossa história e participar de forma ainda mais efetiva na formação desses novos profissionais do varejo”, relata Zonta.

 

O diretor de marketing do Grupo Positivo e diretor da Escola de Comunicação e Negócios da UP, Rogério Mainardes, explica que a escolha do Condor foi em virtude da rede ser destaque no cenário nacional e um grande exemplo de empreendedorismo. “O Condor é um ícone do varejo e é primordial trazer para os alunos um exemplo de nossa terra, representado pelo Joanir Zonta, que começou ainda criança vendendo frutas e hoje, depois de 40 anos, está enfrentando redes mundiais”.

 

A Coordenadora do Núcleo de Estudos e Laboratório de Varejo, Fabíola Paes, destaca a importância do laboratório para aproximar os estudantes do mundo real e prático. “O laboratório de varejo tem como objetivo ser um polo gerador que prepara o profissional para uma série de possibilidades de atuação prática: simulação de atendimento, orientações e práticas de visual merchandising, análise de comportamento do consumidor, treinamentos, eventos, testes de novas tecnologias e proporcionará uma vivência com a realidade do mercado”, afirma.

 

Os produtos expostos serão os “mockups” – moldes de tamanho natural usados para testes –, que podem ser adaptados futuramente para outros tipos de operações.