O presidente do Condor Super Center, Pedro Joanir Zonta, deu as boas-vindas a 45 jovens aprendizes, que iniciam neste mês de agosto a sua jornada profissional na rede. O processo é o resultado de uma parceria com a FAS (Fundação de Ação Social), que realiza o encaminhamento de jovens em situação de vulnerabilidade social. A recepção contou com a presença do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, o vice-prefeito Eduardo Pimentel e da procuradora do Ministério Público do Trabalho, a doutora Mariane Josviak.

Zonta fez um discurso motivador para que os jovens não desistam dos seus sonhos e que agarrem as oportunidades que a vida oferece. “Comecei o Condor quando eu ainda era jovem, com uma pequena loja de 110m² e cinco funcionários. Hoje, temos 50 lojas e mais de 13 mil colaboradores, com muitos diretores e gerentes que começaram da mesma forma que vocês estão começando. Lutem e não desistam dos seus sonhos, pois quero ter o privilégio de ver alguns de vocês se tornando gerentes ou diretores desta empresa”.

Greca também fez um discurso inspirador e destacou a história de Zonta como um modelo a ser seguido pelos jovens. “Joanir Zonta é um homem que se fez por si mesmo e transformou um pequeno armazém em uma rede com 50 lojas. É interessante ver o rosto da esperança e eu vejo isso nos jovens aprendizes daqui. Não se esqueçam que as pessoas são o que elas conhecem. O conhecimento é a condição do progresso e Curitiba é uma cidade de ideias. Queremos que vocês, os nossos curitibinhas, cresçam ligados às oportunidades que o mundo oferece”.

No início deste ano, o Condor já tinha contratado outros 35 jovens em situação de vulnerabilidade social. Todos os aprendizes ficam alocados no SENAC para um curso teórico de Aprendizagem em Serviços de Supermercados. “A parceria com a FAS é de suma importância para nós. Ser uma das empresas pioneiras neste projeto é algo que deixa a família Condor com muito orgulho, pois acreditamos no desenvolvimento do jovem em situação de vulnerabilidade. Acreditamos que todos têm potencial para escrever um capítulo diferente e é um prazer fazer parte dessa fase da vida deles. O RH acredita no capital humano e tem certeza que quem faz ‘Diferente é quem faz a diferença’”, destaca a gestora de RH do Condor, Charmoniks Da Graça Heuer.

Um dos jovens do programa, Juliano dos Santos Gonçalves Júnior, mora em uma unidade de acolhimento e estava ansioso para conseguir um emprego e garantir uma vaga em uma república. “Essa é uma grande oportunidade que eu não posso perder para continuar crescendo como pessoa e estudando. Estou sonhando grande e quero crescer aqui dentro. Sei que agora depende de mim e farei de tudo para mostrar o meu trabalho”, conta o aprendiz.