Sabor e Saúde – A cor da saúde

Edição 6 Revista Condor Viver

Sabor e Saúde – A cor da saúde

<< Mais Revista Condor

Tags: . Escrito em , por Blog Condor.

Revista Condor – Edição 6

  • 0

As frutas vermelhas já possuem um fã-clube extenso – que vai aumentar mais ainda quando souber o quanto elas fazem bem para o corpo

Nos pacotes de balas de goma, as vermelhas são sempre as mais disputadas. Sorvetes, bolos e coberturas têm, entre seus favoritos, os que levam morango, cereja e framboesa. As frutas vermelhas já são as queridinhas do paladar de muita gente, e saber de seus inúmeros benefícios para a saúde só aumenta a preferência.

Desde a antiguidade, a gama desse tipo de fruta é usada para fins medicinais. “Elas são as frutas que possuem a maior quantidade de antioxidantes”, conta Elisa Oliveira Scarpin, nutricionista do Tropical Banana. Esses antioxidantes são conhecidos como rejuvenescedores, pois bloqueiam a ação dos radicais livres. Pelo mesmo motivo, são benéficos para o sistema imunológico, logo, agem de forma ativa na prevenção de doenças. “As frutas vermelhas também possuem substâncias que atuam no sistema nervoso, protegem os neurônios e favorecem memória, aprendizado e concentração”, explica a profissional.

Para a saúde, a melhor forma de consumi-las é in natura. Não há um horário ou uma quantidade ideal, mas quando ingeridas pela manhã, em jejum, as frutas não têm interação com outras substâncias no estômago, o que faz com que suas vitaminas sejam mais bem aproveitadas. “Um suco pela manhã funciona muito bem”, indica Elisa. Para quem precisa de praticidade, polpas congeladas e sucos concentrados podem ser uma boa saída, mas atenção ao rótulo: muitas vezes os produtos possuem quantidades inadequadas de açúcar e conservantes.

Como em qualquer dieta, independente do quanto algo é positivo para o organismo, o equilíbrio é a chave para que você receba apenas os benefícios do que ingere. “As frutas vermelhas não têm tudo de que o nosso corpo precisa. Por isso, é importante não substituir refeições por elas e combiná-las a frutas de outras cores para uma dieta saudável”, completa a nutricionista.

Encontre as suas frutas vermelhas favoritas e conheça suas propriedades:

Goji berry: A pequena frutinha virou queridinha de muita gente nos últimos anos. Riquíssima em vitamina C (chega a ter 50 vezes mais da vitamina que a laranja), é capaz de aumentar o nível de energia e a capacidade de concentração, além de ajudar na redução da fadiga e do estresse. Tem ação também no combate ao câncer e à diabetes.

Maçã: Sim, ela também é uma fruta vermelha! A pectina, encontrada em sua composição, ajuda no sistema digestivo e auxilia na eliminação de gorduras. Para quem está de dieta, a fruta (com casca) ajuda a dar sensação de saciedade.

Morango: O favorito das frutas vermelhas ajuda a manter o sistema imunológico em bom funcionamento. Ele é ainda rico em fibras que mantêm os níveis de glicose estáveis, agindo contra a diabetes.

Mirtilo: Seu baixo teor calórico o torna um aliado às dietas de emagrecimento. Suas propriedades têm ainda ação anti-inflamatória.

Acerola: A deliciosa frutinha é muito útil na prevenção de doenças cardíacas, além de evitar anemia. Ela ainda combate o esgotamento nervoso e a fadiga.

Melancia: A fruta é uma deliciosa fonte de água – que totaliza quase que toda a sua composição. Por isso, ela age na hidratação do corpo e ajuda no bom funcionamento dos rins. Por não conter gordura, ainda faz bem para o coração.

Beleza de dentro para fora

Com tantos benefícios para a saúde, os do consumo das frutas vermelhas refletem também na nossa beleza! Além de serem conhecidas como rejuvenescedoras, por evitarem o envelhecimento precoce, agem beneficamente para a saúde da pele e do cabelo. Sua alta quantidade de vitamina C, que está ligada à produção do colágeno, evita a flacidez.Para potencializar o consumo de vitamina C, misture o suco de frutas vermelhas com o de laranja. Além de delicioso, é cheio de saúde.

Você também vai gostar

Deixe seu comentário