Dicas para viajar e se divertir depois dos 60

Viver

Dicas para viajar e se divertir depois dos 60

, , , .

Tags: , , , . Escrito em , por Blog Condor.

Oi, meus queridos. Hoje eu vou falar sobre as viagens que nós da MELHOR idade podemos fazer para nos divertir, mas tomando seus devidos cuidados, né?

  • 13
BLOG-720x375px

Vamos combinar: não somos mais jovens, mas tem muitas pessoas por aí que tem limitações físicas e isso não impede eles de viajarem, então porque impediria a gente? Aaaah, mas não impede mesmo, viu?

Nosso momento chegou!

Trabalhamos a vida inteira, agora queremos mais é aproveitar tudinho. E olha, é mais fácil do que você imagina. O segredo é simplesmente não cair nas ciladas que caímos quando éramos jovenzinhos. Abusar dos trajetos longos? Horários impróprios? Noites mal dormidas e excesso de escalas? Neeem pensar…

Vou dar algumas dicas para você aproveitar tudinho da sua viagem, ok?

1 – Vão com calma, senhores.

O corre-corre pra lá e pra cá com muitas trocas de hotéis e de cidades é desgastante em qualquer idade.

2 – Veja lá onde vai dormir.

Quando somos jovens não nos preocupamos muito com a escolha de um hotel. Nem todos contam com ar-condicionado, banheiros privativos ou um frigobar no quarto. Por isso, use os filtros dos sites de reserva de hotéis para buscar pelos serviços e comodidades de que precisa. Ou então, veja certinho todos esses detalhes com o seu agente de viagens antes de confirmar o local de hospedagem.

3 – Coma direitinho

A alimentação é um dos principais gastos de uma viagem e é nela que muita gente corta as despesas sem dó. Mas se na juventude somos imunes aos enjoos do fast food, com o passar dos anos uma refeição ruim pode causar mal-estar durante dias e dias de viagem. Sim, senhores.

4 – Não vá se esquecer dos remédios.

Não saia de casa sem uma farmacinha na bagagem de mão. Para montar a farmacinha, peça a ajuda do seu médico. É bom levar na bolsa remédios para os males mais comuns – dor de cabeça, febre, dor de barriga, prisão de ventre, gripe, azia, dor muscular, sem esquecer daqueles que você usa regularmente. O seguro-saúde também pode ser uma opção caso queira, afinal, imprevistos acontecem, né?

Agora quero saber de você: tem alguma dica que eu me esqueci?

Compartilhe aqui com a gente. Um beijão da Dona Rute.

Você também vai gostar

Deixe seu comentário